CRUTAC

Histórico do CRUTAC

O CRUTAC, Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária, foi criado nas universidades do Brasil em 1965 e, a partir da Resolução nº 259 de 28/09/1972, teve início na Universidade Federal do Ceará. Uma proposta que tinha como objetivo geral a formação de profissionais adequados às exigências das áreas interioranas do Brasil e, como consequência lógica, a promoção e benefícios para as populações rurais. Historicamente foi considerado o órgão que possibilitou de forma mais efetiva a extensão/interiorização da Universidade no Brasil.

O que é o CRUTAC hoje?

Na atualidade o CRUTAC se apresenta como estágio curricular, obrigatório, vinculado às Pró-Reitorias de Graduação (PRGR) e de Extensão (PREX), com o objetivo geral de propiciar aos graduandos dos Cursos de Medicina, Enfermagem e Odontologia, formação adequada às exigências das regiões que se encontram fora da área metropolitana do Estado do Ceará, e deverá expressar uma filosofia e uma política de interiorização da Universidade Federal do Ceará no tocante à difusão dos conhecimentos científicos e valores éticos e preparação dos futuros profissionais para atuarem nas localidades rurais e urbanas de municípios do interior do estado, principalmente naquelas em que há maior escassez de profissionais.

Objetivos do CRUTAC:

  1. Possibilitar ao estudante uma melhor compreensão do perfil epidemiológico e da organização dos serviços de saúde de municípios do interior do estado;
  2. Promover treinamento em atividades assistenciais preventivas e curativas compatíveis com a realidade das demandas e recursos dos serviços de saúde de municípios de médio e pequeno porte;
  3. Motivar um maior incremento na produção de conhecimentos e pesquisas dentro da realidade de municípios de pequeno e médio porte do interior do estado, criando condições, nos próprios serviços onde há estagiários, que garantam uma atenção à saúde qualificada;
  4. Propiciar ao estudante dos últimos anos de graduação uma convivência com realidades e culturas diferentes da região metropolitana;
  5. Oportunizar ao estudante da área da saúde, já em seus momentos finais da graduação, uma vivência mais autônoma de cuidado consigo mesmo, no contexto de cidades de pequeno e médio porte, criando condições favoráveis para que o egresso possa vir a adotar tais cidades como local de trabalho;
  6. Possibilitar a aquisição de conhecimento e habilidades para resolver ou bem encaminhar os problemas de saúde mais prevalentes em população de município do interior do estado do Ceará;
  7. Permitir treinamento em técnicas e habilidades indispensáveis para o exercício de atos básicos da prática profissional em realidades rurais e urbanas de pequenos municípios do estado do Ceará;
  8. Possibilitar experiências em atividades de gestão e gerenciamento na esfera municipal;
  9. Permitir experiências de educação em saúde em contextos culturais diversos;
  10. Desenvolver a consciência das limitações, responsabilidades e deveres éticos do profissional perante o paciente, as instituições de saúde e a comunidade de municípios do interior do estado;
  11. Desenvolver a ideia da necessidade de aperfeiçoamento profissional permanente para a garantia da melhoria da qualidade assistencial.

O CRUTAC e o Departamento de Saúde Comunitária

A Coordenação Geral do CRUTAC/UFC é realizada pelo Dr. José Roberto Pereira de Sousa, médico pertencente ao quadro de técnicos do Departamento de Saúde Comunitária da FAMED e vinculado ao Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva (NESC) do Departamento de Saúde Comunitária. Além da Coordenação Geral existem Supervisores por cursos.

Coordenador Geral:

Dr. José Roberto Pereira de Sousa

Supervisores por Curso:

Medicina: Profa. Tatiana Monteiro Fiuza e Profa. Magda Moura de Almeida

Enfermagem: Profa. Viviane Martins da Silva

Odontologia: Profa. Karine Macedo Teixeira

 

Fonte: Dr. José Roberto Pereira de Sousa, Coordenador Geral do CRUTAC/UFC